fbpx

Clóvis de Barros Filho faz palestra em Sete Lagoas

24 de agosto de 2019

 

O Sempre Um Papo e a Iveco convidam para a palestra e lançamento do livro “Deuses Para Clarice” (Ed. Benvirá), do filósofo Clóvis de Barros Filho, a se realizar no dia 09 de outubro, quarta-feira, às 19h30, no auditório do Unifemm, em Sete Lagoas. A entrada é franca.

Quando, em um almoço de família, Clarice revela que está “boiando” nas aulas de filosofia, sem conseguir fazer a conexão entre todos os deuses gregos abordados pelo professor Salgado, Clóvis se oferece para contar à filha tudo o que sabe sobre o assunto. E ele não conta apenas para ela; cria um grupo para troca de mensagens com outros alunos que, assim como Clarice, querem mergulhar no complexo universo de Caos, Gaia, Eros, Zeus, Cronos, Afrodite… A curiosidade de Clarice é o combustível para a conversa. Com perguntas e comentários desconcertantes, como só os jovens são capazes de fazer, Clarice ajuda Clóvis a costurar a história dos deuses e a se aprofundar naquilo que mais chama sua atenção, sempre fazendo um paralelo com o mundo contemporâneo, para, como o próprio Clóvis explica, criar “pontos de apoio” e facilitar a compreensão.

 

Ao longo dessa conversa entre pai e filha, passamos pelos acontecimentos mais importantes da mitologia grega: Caos e o começo de tudo; o surgimento de Gaia, nosso planeta azul; a revolta de Cronos, que nos proporcionou a superfície para pisar e o tempo para contar; a guerra dos Titãs; Zeus e suas alianças para manter a ordem – o Cosmos –; entre tantos outros. Em Deuses para Clarice, Clóvis nos transporta para um mundo repleto de heróis, disputas, traições, amor e desejo, nos oferecendo sua visão particular sobre a mitologia.

 

Clóvis de Barros Filho, nasceu em Ribeirão Preto, em 1966. É jornalista e professor livre-docente na área de Ética da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) e coordenador do programa de mestrado da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM). Publicou dezenas de livros, dentre eles “Ética na Comunicação”, “Shinsetsu: O Poder da Gentileza”, “Vida Que Vale a Pena Ser Vivida” escrito com Arthur Meucci.