fbpx

Fliaraxá 2018: todos os segredos revelados.

24 de março de 2018

Como todos sabem, a sétima edição do FLIARAXÁ – Festival Literário de Araxá – vai acontecer entre 27 de junho e 01 de julho de 2018 de quarta a domingo, no Grande Hotel de Araxá, Minas Gerais. É uma realização do Circuito CBMM de Cultura e do Ministério da Cultura, via Lei Federal de Incentivo à Cultura. Apoio Cultural do Itaú.

Consolidado no cenário cultural do Estado e do País, o tema escolhido foi “Alma, Leitura e Revolução”, que dá continuidade e coerência aos conteúdos dos anos anteriores. Em 2016 foi “Amor, Leitura e as Diferenças” e 2017, “Língua, Leitura e Utopia”.

A data escolhida para a abertura não foi por acaso: é aniversário de João Guimarães Rosa, que nasceu há 110 anos. Por isso, será o Patrono, ao lado de Graciliano Ramos que fez publicar, há 80 anos, seu mais importante trabalho, “Vidas Secas”. Para acontecer uma compatibilidade de gêneros, decidimos também escolher não uma, mas duas autoras homenageadas, que dispensam apresentações: Ana Maria Machado e Marina Colasanti. Como autora homenageada local, ninguém melhor que Leila Ferreira.

O time de Curadores é de primeira linha: Heloisa Starling, da UFMG e Eugenio Bucci, da USP, ao lado de Wander Melo Miranda, Léo Cunha e Claudio Prado. Os curadores locais serão Luiz Humberto França e Rafael Nolli. Já estão confirmados para o evento os portugueses Valter Hugo Mãe e Gonçalo Tavares, e os brasileiros Ruy Castro, Leonardo Boff, Silviano Santiago, Marcelo Rubens Paiva, Marcia Tiburi, José Miguel Wisnik, Pedro Bial, Luiz Ruffato, Heloisa Seixas, Djamila Ribeiro, entre outros, num total de 50 autores e autoras.

A área de Gastronomia, instalada na parte externa do Grande Hotel vai ter, este ano, o acréscimo de conteúdo focado na culinária mineira e da região, além de fazer uma comunhão com a literatura. Serão convidados chefs, especialistas, jornalistas e pessoas da área para palestras e aulas. Um projeto vai alinhar a comida dos grandes clássicos com jantares/palestras. Estão na pauta também as cervejas artesanais, os queijos, doces e tudo mais.

O 7o. Fliaraxá dará continuidade às linhas traçadas com sucesso em sua sexta edição: forte presença nas escolas, professores e pais, com interlocução junto ao poder público, na área de educação; uma imensa livraria, a cargo da Blooks, do Rio de Janeiro, que venderá também livros a preços reduzidos; a continuidade do exitoso concurso de redação “Literatura Nas Escolas”; integração entre a história dos patronos e autores homenageados com os alunos e as escolas; programação específica e forte dirigida às crianças e adolescentes para explicar o tema e o evento.

Além disso, criamos o projeto “Mastigando Autores”, no qual os escritores vão ficar disponíveis para conversar com o público durante uma hora por dia, fora da programação convencional; o “Fliaraxá Mirim” vai construir atividades dedicadas às crianças na grama e arredores do Grande Hotel; O “Fliaraxá Turismo” vai incentivar as agências a promover visitas guiadas às fazendas produtoras de queijo e cachaça na região e na Serra da Canastra; o “Fliaraxá Empreendedor”, carregado de cursos, workshops e conteúdo, sob a responsabilidade do Sesc, Senac, Sesi e Sebrae; o “Encontros CBL de Negócios”, a cargo da Câmara Brasileira do Livro;o caminhão “Sentimento da Terra”, da UFMG, adaptado para levar o conteúdo dos patronos e autoras homenageadas à população. Além de tudo, música e teatro.

Pronto. Todos os segredos revelados.

Hora de reservar a data. Em breve estará no site e todos poderão se increver, antecipadamente. Enquanto isso, curta a página do Fliaraxá no Facebook para ficar informado.

Afonso Borges.

[fbcomments]