fbpx

Ruy Castro e Heloisa Seixas no Sempre Um Papo

18 de novembro de 2019

O casal de escritores Heloisa Seixas e Ruy Castro estarão juntos no Sempre Um Papo para debate e lançamento de seus mais recentes livros, “A Noite dos Olhos”, uma reunião de contos, que demonstra pleno domínio de Heloisa com com gênero ao explorar diferentes narradores, estilos e cenários; e “Metrópole à Beira-mar”, onde Ruy, um de nossos maiores biógrafos faz uma saborosa reconstituição histórica da era de ouro carioca, entrelaçando eventos políticos e culturais à trajetória dos personagens — os lembrados e os esquecidos —, que fizeram e mudaram a história. Ambos livros editados pela editora Companhia das Letras. O encontro será no dia 3 de dezembro, terça-feira, às 19h30, na Biblioteca Pública Luiz de Bessa, na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, com entrada gratuita. A mediação será feita pelo idealizador do Sempre Um Papo, Afonso Borges.

“A Noite dos Olhos” – Heloisa Seixas
Ao longo de sua carreira, Heloisa Seixas transitou com habilidade pelos mais diversos gêneros literários. Após publicar dois romances em sequência — O oitavo selo e Agora e na hora —, a escritora carioca volta às formas breves, que marcaram sua estreia na literatura, com este volume de contos inéditos. Em A noite dos olhos, Heloisa explora diferentes narradores, estilos e cenários para retratar situações ora cotidianas, ora inesperadas. Embora independentes, essas histórias têm em comum uma prosa apurada, e se aproximam por fios invisíveis.
Entremeadas aos dezesseis textos mais longos, o livro inclui duas seções de microcontos que transmitem toda a potência do gênero em sua forma mínima. Fruto de um pleno domínio dos artifícios da ficção, esta é uma coleção de narrativas inquietantes, capaz de capturar o leitor do início ao fim.
Heloisa Seixas nasceu em 1952 no Rio de Janeiro. Formada em jornalismo pela Universidade Federal Fluminense, trabalhou muitos anos na imprensa carioca e escreveu crônicas, contos, romances, obras infantojuvenis e peças de teatro. Foi quatro vezes finalista do prêmio Jabuti, com os livros Pente de Vênus, A porta, Pérolas absolutas e Oitavo selo: quase romance, este último também finalista do prêmio São Paulo de Literatura e semifinalista do prêmio Oceanos. Em 2017, lançou pela Companhia das Letras Agora e na hora, finalista do prêmio São Paulo de Literatura.
Metrópole À Beira-Mar – Ruy Castro
O que aconteceu no Rio entre o carnaval de 1919 e a Revolução de 30? Tudo. Uma cidade em convulsão na imprensa, na literatura, na música popular, na ópera, no teatro, nas artes plásticas, no cinema, na caricatura, na praia, na ciência, na arquitetura, no futebol, na luta das mulheres, nos costumes, no sexo e nas drogas. Se o Brasil dos anos 20 ainda engatinhava rumo à modernização, o Rio de Janeiro tinha vida própria e já era sinônimo de arrojo e vanguarda. É essa capital fervilhante o cenário e a protagonista do novo livro de Ruy Castro.

Quem fez o Rio dos anos 20: Adalgisa Nery ? Adhemar Gonzaga ? Agrippino Grieco ? Alvaro Moreyra ? Aracy Cortes ? Benjamin Costallat ? Bertha Lutz ? Bidu Sayão ? Carlos Chagas ? Carmen Miranda ? Cecilia Meirelles ? Di Cavalcanti ? Elsie Houston ? Eugenia Alvaro Moreyra ? Francisco Alves ? Gilka Machado ? Ismael Nery ? Ismael Silva ? J. Carlos ? Jayme Ovalle ? João do Rio ? Laurinda Santos Lôbo ? Lima Barreto ? Manuel Bandeira ? Mario Reis ? Murilo Mendes ? Orestes Barbosa ? Oswaldo Goeldi ? Patrocinio Filho ? Pixinguinha ? Procopio Ferreira ? Ronald de Carvalho ? Roquette-Pinto ? Sinhô ? Théo-Filho ? Vera Janacopoulous ? Villa-Lobos

Ruy Castro nasceu em 1948. Começou como repórter em 1967, no Correio da Manhã, do Rio, e passou por todos os grandes veículos da imprensa carioca e paulistana. A partir de 1990, concentrou-se nos livros. É autor de biografias de Carmen Miranda, Garrincha e Nelson Rodrigues, e de livros de reconstituição histórica, sobre a Bossa Nova, Ipanema e o Flamengo. É cidadão benemérito do Rio de Janeiro.

Serviço:
Sempre Um Papo com Heloisa Seixas e Ruy Castro
Dia 03 de dezembro, terça-feira, às 19h30, na Biblioteca Pública Luiz de Bessa – Praça da Liberdade, BH. Entrada Gratuita.

Informações: 31 32611501 – www.sempreumpapo.com.br

Informações para a imprensa:
Jozane Faleiro – jozane@sempreumpapo.com.br – 31 35676714/ 992046367

Ruy Castro e Heloisa Seixas no Sempre Um Papo

18 de novembro de 2019

O casal de escritores Heloisa Seixas e Ruy Castro estarão juntos no Sempre Um Papo para debate e lançamento de seus mais recentes livros, “A Noite dos Olhos”, uma reunião de contos, que demonstra pleno domínio de Heloisa com com gênero ao explorar diferentes narradores, estilos e cenários; e “Metrópole à Beira-mar”, onde Ruy, um de nossos maiores biógrafos faz uma saborosa reconstituição histórica da era de ouro carioca, entrelaçando eventos políticos e culturais à trajetória dos personagens — os lembrados e os esquecidos —, que fizeram e mudaram a história. Ambos livros editados pela editora Companhia das Letras. O encontro será no dia 3 de dezembro, terça-feira, às 19h30, na Biblioteca Pública Luiz de Bessa, na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, com entrada gratuita. A mediação será feita pelo idealizador do Sempre Um Papo, Afonso Borges.

“A Noite dos Olhos” – Heloisa Seixas
Ao longo de sua carreira, Heloisa Seixas transitou com habilidade pelos mais diversos gêneros literários. Após publicar dois romances em sequência — O oitavo selo e Agora e na hora —, a escritora carioca volta às formas breves, que marcaram sua estreia na literatura, com este volume de contos inéditos. Em A noite dos olhos, Heloisa explora diferentes narradores, estilos e cenários para retratar situações ora cotidianas, ora inesperadas. Embora independentes, essas histórias têm em comum uma prosa apurada, e se aproximam por fios invisíveis.
Entremeadas aos dezesseis textos mais longos, o livro inclui duas seções de microcontos que transmitem toda a potência do gênero em sua forma mínima. Fruto de um pleno domínio dos artifícios da ficção, esta é uma coleção de narrativas inquietantes, capaz de capturar o leitor do início ao fim.
Heloisa Seixas nasceu em 1952 no Rio de Janeiro. Formada em jornalismo pela Universidade Federal Fluminense, trabalhou muitos anos na imprensa carioca e escreveu crônicas, contos, romances, obras infantojuvenis e peças de teatro. Foi quatro vezes finalista do prêmio Jabuti, com os livros Pente de Vênus, A porta, Pérolas absolutas e Oitavo selo: quase romance, este último também finalista do prêmio São Paulo de Literatura e semifinalista do prêmio Oceanos. Em 2017, lançou pela Companhia das Letras Agora e na hora, finalista do prêmio São Paulo de Literatura.
Metrópole À Beira-Mar – Ruy Castro
O que aconteceu no Rio entre o carnaval de 1919 e a Revolução de 30? Tudo. Uma cidade em convulsão na imprensa, na literatura, na música popular, na ópera, no teatro, nas artes plásticas, no cinema, na caricatura, na praia, na ciência, na arquitetura, no futebol, na luta das mulheres, nos costumes, no sexo e nas drogas. Se o Brasil dos anos 20 ainda engatinhava rumo à modernização, o Rio de Janeiro tinha vida própria e já era sinônimo de arrojo e vanguarda. É essa capital fervilhante o cenário e a protagonista do novo livro de Ruy Castro.

Quem fez o Rio dos anos 20: Adalgisa Nery ? Adhemar Gonzaga ? Agrippino Grieco ? Alvaro Moreyra ? Aracy Cortes ? Benjamin Costallat ? Bertha Lutz ? Bidu Sayão ? Carlos Chagas ? Carmen Miranda ? Cecilia Meirelles ? Di Cavalcanti ? Elsie Houston ? Eugenia Alvaro Moreyra ? Francisco Alves ? Gilka Machado ? Ismael Nery ? Ismael Silva ? J. Carlos ? Jayme Ovalle ? João do Rio ? Laurinda Santos Lôbo ? Lima Barreto ? Manuel Bandeira ? Mario Reis ? Murilo Mendes ? Orestes Barbosa ? Oswaldo Goeldi ? Patrocinio Filho ? Pixinguinha ? Procopio Ferreira ? Ronald de Carvalho ? Roquette-Pinto ? Sinhô ? Théo-Filho ? Vera Janacopoulous ? Villa-Lobos

Ruy Castro nasceu em 1948. Começou como repórter em 1967, no Correio da Manhã, do Rio, e passou por todos os grandes veículos da imprensa carioca e paulistana. A partir de 1990, concentrou-se nos livros. É autor de biografias de Carmen Miranda, Garrincha e Nelson Rodrigues, e de livros de reconstituição histórica, sobre a Bossa Nova, Ipanema e o Flamengo. É cidadão benemérito do Rio de Janeiro.

Serviço:
Sempre Um Papo com Heloisa Seixas e Ruy Castro
Dia 03 de dezembro, terça-feira, às 19h30, na Biblioteca Pública Luiz de Bessa – Praça da Liberdade, BH. Entrada Gratuita.

Informações: 31 32611501 – www.sempreumpapo.com.br

Informações para a imprensa:
Jozane Faleiro – jozane@sempreumpapo.com.br – 31 35676714/ 992046367